Abaixo, lista oficial dos CTSs escolhidos pelas Seleções Africanas:
 
Os aprovados em São Paulo
 
CTSs em São Paulo, integram a lista de 83 centros aprovados pela FIFA. A metade se deu bem.
Ao todo o Estado de São Paulo ficou no topo da preferência abrigando 15 seleções. Seis estados que receberão jogos, não serão QGs de delegações. Mas ainda há a possibilidade de ocorrerem algumas alterações (principalmente em casos de hotéis e resorts).
A FIFA definiu o próximo dia 31 de janeiro de 2014 como prazo final para mudanças.
 

Prefeito Jonas Donizette recebe a visita do cônsul da Nigéria em Campinas

 
 

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, recebeu a visita do cônsul da Nigéria, Mutari Kaita, e uma delegação de oito pessoas na manhã desta quinta-feira, 23 de janeiro. Como Campinas é anfitriã da seleção nigeriana durante a Copa do Mundo de 2014, que treinará no estádio do Guarani, a reunião serviu para uma aproximação entre a cidade e o país africano. Também participaram do encontro o secretário de Desenvolvimento Econômico, Social e Turismo, Samuel Rossilho, e a diretora de Turismo, Alexandra Caprioli. A ideia, segundo Jonas, é estreitar a relação com a Nigéria e expandir os laços de amizade com o país, a partir desta aproximação que está começando com o futebol. O prefeito também destacou que pretende ensinar às crianças

 

das escolas públicas um pouco da história da Nigéria por meio de um livro que será distribuído aos alunos. “Quero mostrar a Campinas um pouco sobre a Nigéria e sua cultura”, disse Jonas. Ele também deu as boas vindas aos estrangeiros. “É um prazer para nós que a Nigéria tenha adotado Campinas como sede durante a Copa. Nossa cidade tem um futebol tradicional, de onde saíram importantes jogadores, e como dois times de reconhecimento nacional, o Guarani e a Ponte Preta. Quero que a seleção e os nigerianos se sintam em casa”, falou o prefeito. Jonas apresentou à comitiva dados sócio-econômicos sobre a cidade.

Leia mais...

 

A realidade de Costa do Marfim, Camarões e Nigéria na Copa

     
 
Três seleções que já arrancaram suspiros do mundo, têm ou tiveram grandes talentos, mas que não podem viver disso se pretendem ter sucesso em 2014. Costa do Marfim, Camarões e Nigéria precisarão fazer mais do que têm feito se quiserem protagonizar boas campanhas na Copa do Mundo. As três seleções não tiveram muito trabalho para passar pelas Eliminatórias africanas, mas a realidade do Mundial é completamente diferente.


 

Os marfinenses contam com muito talento individual. Didier Drogba segue sendo o grande nome da seleção e vive mais uma boa temporada no Galatasaray. Yaya Touré está no melhor momento de sua carreira e mostrou uma nova qualidade nesta temporada: as cobranças de falta.
O meio-campista já anotou quatro gols desta forma na campanha.
Parceiro de Touré na meia-cancha, Romaric segue sendo importante no setor, e, no ataque, além de Drogba, os Elefantes contam com várias opções.
O contestado Gervinho se recuperou da má passagem pelo Arsenal e é importante na Roma. Kalou está longe de ser o jogador promissor do início da carreira, mas é importante na Leia mais...